FANDOM


Floresta da Bruxa

A Floresta da Bruxa

A Floresta da Bruxa, às vezes chamada de "Floresta Amaldiçoada,"[1] é uma floresta sinistra e oculta localizada no sul da Alemanha; é considerada como um tabu pelos habitantes próximos.[2] Sieglinde Sullivan proclama-se como a soberana desta floresta.[3]

DescriçãoEditar

A floresta enevoada é coberta principalmente por vegetação rasteira. Bússolas são ineficientes dentro dela.[4] Sebastian Michaelis observa que ela é estranhamente silenciosa, tem uma deficiência surpreendente de animais e contém uma atmosfera desconcertantemente pesada.[5] Um "miasma" opressivo abraça a área, e está de alguma forma ligado a Maldição da Bruxa.[6]

Uma bruxa putativa espreita a grande área para avisar os intrusos sobre o lobisomem que, supostamente, protege a floresta. Intrusos que não dão ouvidos às advertências da bruxa, muitas vezes encontram uma criatura bestial que também vagueia pelo local.[7]

Uma determinada aldeia, Wolfsschlucht, está localizada no meio da floresta, que consiste em um conjunto de casas de campo que parecem estar abandonadas à primeira vista, mas são bem conservadas.[8] As mulheres constituem a totalidade dos moradores; essas mulheres se vestem em trajes de séculos passados.[9] Elas reconhecem "Mestre Sullivan" como soberana delas.[10]

Maldição da BruxaEditar

Uma condição peculiar afeta pessoas de idade e sexo diferentes que entram na Floresta da Bruxa. Pessoas perfeitamente saudáveis ​​de repente tornam-se grotescamente deformadas;[11] seus rostos incham-se e suas peles parece, "derreter"[12] e, depois, elas morrem. Não há sinais de ferimentos ou uma doença contagiosa ou crônica, mas os moradores afirmam que é a "maldição da bruxa".[13] Alegadamente, existe um sobrevivente da "maldição da bruxa", mas ele tornou-se irremediavelmente insano.[14]

Uma vez que tenha visto o lobisomem na floresta, uma pessoa pode começara a derramar lágrimas incontrolavelmente[15] e sangrar rapidamente, a pele se distender e solavancos indefiníveis se desenvolverem no rospo.[16] Mais tarde, Sieglinde Sullivan revela que o miasma misterioso na Floresta da Bruxa encarna o "espírito maligno" que emitido pelo lobisomem. O único modo de purificar os efeitos prejudiciais é através de um medicamento secreto produzido pela Bruxa Verde.[17]

ReferênciasEditar

  1. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, página 3
  2. Kuroshitsuji manga; Chapter 86, page 16
  3. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, página 19
  4. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 87, página 8
  5. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 89, página 29
  6. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 90, página 26
  7. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, páginas 4-6
  8. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 87, página 13
  9. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 87, página 15
  10. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 87, página 16
  11. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, página 12
  12. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, página 13
  13. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 86, páginas 15-16
  14. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 87, páginas 4-5
  15. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 89, página 30
  16. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 89, página 34
  17. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 90, páginas 30-31
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.